DIRETOR ESPIRITUAL COMUNIDADE PASSOS DE MARIA

DIRETOR ESPIRITUAL COMUNIDADE PASSOS DE MARIA

Pe Rogério Ruffo

Sou natural de Orlândia, nasci no dia 1º de dezembro de 1976, filho de Devair Ruffo e Lourdes Corbacho Ruffo, meus irmãos  Rodrigo Ruffo e Ricardo Ruffo (falecido em maio de 2003). Tenho dois sobrinhos: Yan Camargo Ruffo e Igor Ruffo.

Ingressei no seminário no dia 05 de fevereiro de 1995, tinha dezoito anos. Fui morar na cidade de Patrocínio Paulista, na Casa propedêutica. Lá cursei o terceiro ano do colegial.

No ano seguinte, em 1996, mudei para Franca, no Seminário Propedêutico, os estudos eram realizados na própria casa.

Em 1997, iniciei os estudos de Filosofia em Brodowski, no Cearp – Centro de Estudos da Arquidiocese de Ribeirão Preto. No ano de 1999, tive a oportunidade de fazer uma experiência missionária de vinte dias em Bom Jesus do Gurguéia, no Piauí.

Em 2002, já cursando o terceiro ano de Teologia, recebi os ministérios de Leitor e Acólito e também a Admissão para as Ordens Sagradas.

No dia 16 de agosto de 2003 fui ordenado diácono.

Em dezembro de 2003, Dom Diógenes me nomeou vigário na paróquia São José, em Orlândia. Ainda diácono, comecei a dar assistência pastoral.

Em 12 de março de 2004 fui ordenado sacerdote, juntamente com os amigos Sílvio e Carlos Henrique.

Na paróquia São José, em Orlândia, trabalhei até dezembro de 2004. Dom Frei Caetano, segundo bispo da diocese, transferiu-me para Ituverava, na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, onde fui apresentado no dia 15 de janeiro de 2005.

No ano de 2008 reconheci o curso teológico na Faculdade Dehoniana, na cidade de Taubaté. No ano seguinte foi-me conferido o título de Bacharel em Teologia pela mesma Faculdade.

No dia 11 de abril de 2010, o terceiro bispo diocesano, Dom Pedro Luiz, me nomeou vigário paroquial da Paróquia São Pedro, em Franca. E no dia 26 de junho do mesmo ano tomei posse como o segundo pároco da Paróquia São Pedro.

O trabalho pastoral na Paróquia é intenso, caracterizado por inúmeras atividades. Devo destacar que a essência do ministério sacerdotal é anunciar a Palavra de Deus e celebrar os sacramentos, ou seja, rezar a Santa Missa, atender confissões, visitar os enfermos, ensinar a fé católica ao povo, tudo isso constitui a missão do padre.

E para melhor atender os fiéis, a paróquia conta com vinte e sete realidades: são pastorais e movimentos eclesiais que têm como objetivo tornar o Evangelho de Cristo mais acessível na vida das pessoas. Como pároco, procuro ser atento e atuante em cada realidade pastoral. 

Sou diretor espiritual da Comunidade Passos de Maria, trata-se de uma nova realidade eclesial que tem como apostolado a divulgação do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria, a Pastoral de Rua, a recitação do Terço nas casas, entre outras atividades.

Também tenho algumas funções na diocese: Durante oito anos fui Assessor da Pastoral Catequética. Hoje sou vigário forâneo da Forania Nossa Senhora Aparecida, esta função consiste em coordenar as reuniões do clero das 10 paróquias que compõem a Forania e também auxiliar o bispo e o coordenador de pastoral nas atividades de evangelização da diocese. Sou membro da Equipe de formadores dos candidatos ao diaconato permanente. Faço parte do Conselho de Presbíteros e também do Colégio de Consultores da diocese.

Nos meios de comunicação, durante dois anos, apresentei um Programa na Rádio Cultura Católico, na cidade de Ituverava; atuei durante cinco anos na Rádio três colinas, com o Programa Boa Noite Meu Jesus, todas as quintas-feiras. Atualmente faço participações no Programa Valdes Rodrigues.

Atualmente fui nomeado para ser o novo pároco da Sé Catedral Nossa Senhora da Conceição e Vigário forâneo da Forania Imaculada Conceição.